Bioestimuladores de Colágeno: Sculptra, Radiesse e Ellansé

Os bioestimuladores de colágeno se tornaram famosos e reconhecidos por quem deseja investir em procedimentos estéticos para o tratamento da flacidez. Age de forma consistente, gerando resultados que podem ser percebidos por até dois anos! 

A fórmula do sucesso, na verdade, pode ter diferentes princípios ativos. Então, qual a diferença entre as marcas mais usadas? Se você quer saber a resposta para essa pergunta, continue lendo e descubra! 

Bioestimuladores de Colágeno

O colágeno é a substância que dá sustentação para a pele, mas, com o passar dos anos, nosso organismo desacelera sua produção. Resultado: uma pele mais flácida, com aspecto caído, perda de volume e sustentação. 

O tratamento com bioestimuladores de colágeno, como o próprio nome sugere, consiste na aplicação de ativos que estimulam a produção de novas fibras de colágeno. A ação é de longo prazo, tendo efeito duradouro!

Com o uso de bioestimuladores é possível obter uma pele mais firme, com um contorno mais definido, melhorar a textura e o brilho. Maravilhoso, não é mesmo?

Como os bioestimuladores de colágeno agem na pele?

Com tantos benefícios, você pode se questionar como os bioestimuladores agem na pele. Afinal, esse tipo de tratamento injetável inovou a forma como a flacidez pode ser tratada. Entenda como isso é possível: 

O princípio ativo do bioestimulador gera uma leve resposta inflamatória na derme (no local que são aplicados) . É essa ação que estimula os fibroblastos a produzirem colágeno novamente, permitindo o preenchimento de áreas lipoatroficas.

Essa resposta permite a reestruturação da pele e do tecido celular subcutâneo, além de combater a flacidez ao mesmo tempo que suaviza sulcos e rugas.

Agora que você já entendeu como os bioestimuladores agem na pele, que tal entender o que diferencia as marcas Sculptra®, Radiesse® e Ellansé®?

O que é Sculptra®?

O Sculptra é um ácido poli-l-Láctico (PLLA), combinado com carboximetilcelulose de sódio e manitol não pirogênico. As partículas do ácido são grandes o suficiente para provocar uma resposta inflamatória local e desencadear o processo de estímulo da síntese de novas fibras de colágeno. 

Apesar de o PLLA não produzir nenhum efeito de volume imediato, acontece um aumento linear, progressivo e duradouro do tecido, o que garante todos os benefícios do tratamento por um longo prazo. 

Vale ressaltar que o Sculptra é injetado de uma maneira diferente de outros preenchimentos: ele é aplicado diretamente na camada intermediária da pele (a derme profunda) e subcutâneo e é a partir dessas camadas que ele começa a agir de forma a reconstruir o colágeno perdido e dar mais estrutura e sustentação para a pele. 

O que é Radiesse®?

O Radiesse é composto por uma substância nomeada de hidroxiapatita de cálcio. Um material que já era bastante usado na odontologia, já que faz parte da composição da matriz dos ossos e dentes humanos.

Por possuir uma composição idêntica à porção mineral encontrada no corpo humano (microesferas lisas suspensas em um suporte aquoso de gel), esse tratamento atua de forma natural e biocompatível. 

Assim como todos os bioestimuladores de colágeno, a ação da fórmula injetável visa a melhora do contorno facial e auxiliar no rejuvenescimento. 

Com o uso do Radiesse isso é possível porque ao absorver todo o gel, o corpo não só preenche a pele, mas também reconstrói camadas da pele ao estimular a renovação de tecidos naturais. 

O que é Ellansé®?

Esse bioestimulador tem como base microesferas de policaprolactona (PCL) em um veículo aquoso de gel de carboximetilcelulose. Enquanto o gel de carboximetilcelulose (CMC) é absorvido gradativamente pelos macrófagos, as microesferas estimulam a neocolagênese.

Assim como todos os seus similares, essa substância é biocompatível, garantindo que o corpo não a rejeite. 

As microesferas estimulam a produção de colágeno no médio e longo prazo, compensando assim os efeitos causados pelo envelhecimento e dando mais preenchimento para a pele.

Este produto possui uma curva de degradação diferente dos outros, mais lenta e estável, o que o torna uma boa opção para pacientes com nível alto de atividade física, treinos intensos e de alto rendimento.

Quanto tempo dura o tratamento com Bioestimuladores de Colágeno?

Como você percebeu, cada marca utiliza métodos e ativos diferentes para atingir os mesmos objetivos: preencher o volume e estimular a produção de colágeno em regiões do corpo.

Por haver diferença no produto utilizado, há também variação no tempo de duração dos resultados obtidos. Mas é possível afirmar que o tratamento dura, no mínimo, 18 meses. Chegando a 4 anos no caso do Ellansé.

Dependendo do procedimento, da marca usada, das características individuais de envelhecimento de cada organismo, a ação dos bioestimuladores de colágeno pode durar 2 anos ou mais. 

Um resultado digno de toda a fama que ele tem recebido, não é mesmo? Resultados de longo prazo são ideais para quem quer se cuidar, parecer mais jovem e com uma pele saudável sem a necessidade de muita manutenção. 

Conhecer a composição de cada bioestimulador é importante para ajudar a direcionar a decisão na hora do tratamento. 

Mas é fundamental que a decisão seja tomada junto com um dermatologista, afinal, esse profissional vai avaliar as individualidades de cada organismo e de cada pele antes de recomendar a realização de qualquer tratamento estético. 

Bioestimuladores de Colágeno em Florianópolis

Se você está considerando o tratamento da flacidez com o uso de bioestimuladores de colágeno, conte conosco! 

A equipe da Scipioni é composta por profissionais qualificados e especializados para realizar procedimentos, diagnósticos, tratamentos e abordagens clínicas de forma humanizada, com foco na segurança, conforto e bem-estar do paciente.

Entre em contato pelo número (48) 99116-1001 e agende uma consulta.

 

Compartilhar Post