Rinomodelação: saiba tudo sobre o procedimento

Você sabia que é possível realizar modificações no nariz sem precisar de cirurgia e cortes? Se você sente que a ponta do seu nariz está caída ou se incomoda com aquele “ossinho” evidente em cima do nariz, por exemplo, a rinomodelação pode ser a opção ideal para você.

O procedimento pode corrigir imperfeições, modificar proporções e trazer mais harmonia para a face. Quer entender melhor? Então siga a leitura e tire todas as dúvidas sobre a rinoplastia!

O que é a Rinomodelação?

A rinomodelação é um procedimento não cirúrgico para modificar aspectos estéticos do nariz, visando corrigir imperfeições do seu contorno, trazendo mais harmonia para face ou até mesmo defeitos de rinoplastias anteriores.

Como o procedimento é feito?

Antes de definir como o procedimento será feito, o paciente deve consultar o dermatologista para avaliação de diversos fatores, como contornos e o perfil do rosto para a escolha dos pontos que serão preenchidos. 

A aplicação do preenchimento é rápida e indolor, pois o paciente recebe anestesia. 

Com o procedimento feito, dermatologista pode colocar um curativo sobre o nariz, com o objetivo de modelar e manter o produto bem posicionado, livre de edemas. No entanto, na maioria dos casos, o curativo não é colocado, pois se perde o parâmetro de avaliação de sofrimento da pele caso ele exista. Tudo irá depender da avaliação do médico e do caso. 

Orienta-se que o paciente evite tocar o nariz.

As regiões para a aplicação na rinomodelação podem ser:

  • Dorso do nariz: corrige a elevação que traz o aspecto de “giba” quando a pessoa está de perfil.
  • Ponta: maior projeção.
  • Columela e base nasal: eleve a ponta e aumenta a altura do nariz.

Qual material pode ser usado?

O ácido hialurônico é a substância mais utilizada. É um biopolímero produzido naturalmente pelo nosso corpo, responsável pelo preenchimento do espaço entre as células, diminui conforme o envelhecimento, levando à perda de brilho, firmeza, hidratação e volume.

O preenchimento ácido hialurônico tem como objetivo conferir volume de maneira natural. O efeito da substância modelo o nariz e ameniza os sulcos, criando o contorno desejado.

Por ser uma substância já presente no organismo, mesmo quando sintética não apresenta reações e o risco do organismo rejeitar é raro, portanto, é considerado extremamente seguro.

Para quem é indicada?

A rinomodelação é indicada para pessoas que desejam fazer alterações estéticas no nariz. É importante ressaltar que todo procedimento estético deve ser feito para si, não para se encaixar em um padrão de imagem ideal.

O procedimento pode ser uma boa opção se você deseja corrigir alguns pontos, como:

  •     Queda da ponta.
  •     Perfil sinuoso ou tortuoso
  •     Assimetria.
  •     Desníveis.
  •     Giba nasal, aquele “ossinho” proeminente  em cima do nariz.

A rinomodelação deve ser feita por um profissional habilitado e experiente. O ideal é procurar por um dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Quais são os cuidados após o procedimento?

Por ser um procedimento simples e sem cortes, o paciente não costuma sentir dores após as aplicações. É comum notar um pouco de inchaço que duram apenas algumas horas. Alguns pacientes podem apresentar hematoma no local.

O mais importante é evitar qualquer tipo de trauma no nariz. Se você sentir dores, dificuldade para enxergar ou reparar palidez na pele, procure imediatamente o dermatologista pois pode estar ocorrendo algum tipo de complicação.

Conte com a Scipioni

Ficou interessado em realizar a rinomodelação? Conte com a clínica Scipioni.

A equipe da Scipioni é composta por profissionais qualificados e especializados para realizar procedimentos, diagnósticos, tratamentos e abordagens clínicas de forma

humanizada, com foco na segurança, conforto e bem-estar do paciente. 

Entre em contato pelo nosso site e agende uma consulta.

Compartilhar Post